Queda de cabelo feminino: 5 possíveis causas e dicas de como tratar

A queda de cabelo feminino pode estar relacionado a vários fatores. Descubra os principais deles!

Tem notado o seu cabelo caindo muito? Se a resposta for sim, é importante ligar o sinal de alerta. Mas, antes de buscar qualquer tipo de tratamento para o quadro, é importante entender que a queda de cabelo feminino pode estar ligada a vários fatores. Por esse motivo, é fundamental entender o que causa o quadro para agir na raiz do problema corretamente. Para te deixar por dentro do assunto, listamos os cinco principais motivos para a condição, além de dicas de tratamento para queda de cabelo. Veja só! 

1# Uso excessivo de secadores e pranchas pode justificar o cabelo caindo

Quando o assunto é o que causa queda de cabelo, não tem jeito: as ferramentas de calor estão no topo da lista. Isso acontece porque a alta temperatura do secador, da chapinha e do babyliss tendem a enfraquecer a estrutura da fibra capilar. O resultado são fios finos e quebradiços que, na maioria das vezes, provocam a queda pela quebra dos fios.

2# Queda de cabelo: causas podem estar relacionadas à gravidez e alterações hormonais

Basta uma breve pesquisa para descobrir que a queda do cabelo feminino pode estar relacionada a gravidez e alterações hormonais. Na maioria das vezes, é possível notar o cabelo caindo nos nos primeiros três meses após o parto. Em alguns casos, também é possível lidar com a perda dos fios durante a gestação, já que o aumento do hormônio progesterona tende a ressecar os fios e resultar na queda do cabelo feminino.   

3# Prender o cabelo com frequência pode resultar na queda de cabelo feminino
Há quem duvide, mas a forma que você prende os fios também pode estar ligada à queda de cabelo feminino. Isso porque a alta tração na raiz do couro cabeludo por longos períodos pode enfraquecer os fios e, consequentemente, ser a grande responsável pelo cabelo caindo. Se você tem o costume de utilizar penteados apertados, como tranças e rabo de cavalo, com frequência é importante optar por presilhas de tecido para diminuir os danos. 

4# Queda do cabelo feminino costuma ocorrer em períodos de estresse e ansiedade

Não é novidade para ninguém que o estresse é uma condição que afeta diretamente a saúde dos fios. Quando ocorre o choque do estresse, causado pela ansiedade ou situações rotineiras, por exemplo, o ciclo natural dos fios pode ser desregulado, resultando na queda de cabelo feminino. Vale lembrar ainda que quando não é o principal responsável pelo cabelo caindo, o estresse pode ser o fator que causa a piora do quadro. 

5# Falta de higiene no couro cabeludo pode provocar a queda de cabelo feminino
Outro fator que pode provocar a queda de cabelo feminino é a má higiene dos fios. Com a falta de lavagem, o couro cabeludo tende a ficar mais oleoso e os poros obstruídos, impedindo a passagem dos nutrientes ao longo dos fios. O resultado é um cabelo ressecado, fraco e caindo. Para evitar esse cenário, não existe receita mágica: é preciso lavar as madeixas, de preferência, em dias alternados ou a cada dois dias, para mantê-las saudáveis. 

O que é bom para queda de cabelo? Saiba como shampoo antiqueda pode ajudar no quadro

Se você já tem notado o seu cabelo caindo, é importante procurar um dermatologista e também buscar por produtos que possam ajudar no fortalecimento capilar. Nesse caso, é importante que o produto apresente ativos que ajudem a fortalecer os fios e repor as vitaminas perdidas durante o processo. O Doctar Force, da marca Darrow, por exemplo, apresenta uma fórmula poderosa que combina complexo bioforce, cafeína, biotina e vitamina B7, que diminui a queda do cabelo feminino já nos primeiros 30 dias de uso. Livre de sulfato, parabenos e silicones, esse shampoo antiqueda é recomendado para qualquer tipo de cronograma capilar.

A linha Doctar Force também conta com o Doctar Force Caps, um suplemento alimentar de vitaminas e minerais indicados para o fortalecimento e prevenção da queda capilar. Em sua composição são encontradas a Biotina, vitamina A (que contribui para o crescimento dos fios e hidratação), vitamina C (que ajuda a proteger os fios dos efeitos do estresse oxidativo provocado pelos radicais livres) e vitamina E (que melhora a circulação sanguínea dos folículos capilares, aumentando o aporte de oxigênio e nutrientes para os fios).

* Consulte sempre o seu dermatologista.